A criação do logo é um dos aspectos mais importantes em todo processo de planejamento, posicionamento e identidade visual de uma empresa e sua marca.

O logotipo é a principal peça de comunicação. É ela que será responsável pelo primeiro contato com seu público-alvo e direcionará suas percepções e impressões sobre a marca desde esse primeiro encontro.

Normalmente, todas as demais peças usadas para se comunicar com o público têm a logomarca presente.

Em um banner usado em uma campanha online, por exemplo, o logo tem que identificar rapidamente sua empresa para quem já a conhece. E, para aqueles que a vem pela primeira vez, o logotipo deve passar com precisão e sem perda de tempo o seu posicionamento: qual seu tipo de loja, o que vende, qual a variedade de produtos, para que público e nível do atendimento. Assim, haverá mais espaço no banner para falar da oferta, do preço e até para uma boa descrição do produto e sua foto.

O mesmo pode ser dito sobre o e-mail marketing. Se o seu logo já cumpre a tarefa de passar boa parte da informação de posicionamento de forma bastante eficiente, seu e-mail marketing será lido pelo público com mais receptividade. As demais partes do texto serão compreendidas dentro desse contexto, levando a uma ação mais efetiva.

É por isso que a criação de logotipos deve ser feita com todo cuidado e profissionalismo possível.

Na verdade, ao se ter a ideia de um negócio, o primeiro passo é definir uma estratégia de marketing e, em seguida, escolher um posicionamento para a empresa, isto é: definir um lugar para sua marca ocupar na mente dos consumidores. É muito importante que a oferta de sua empresa fique bem clara para o público.

Neste contexto, é o logotipo que ocupa o papel central, com destaque em sua comunicação.

O logotipo pode ser definido como uma maneira de tornar sua marca tangível. E para ajudar você a entender esse processo, vamos apresentar alguns aspectos importantes na confecção de um logo.

Pontos chave na criação de logo

1- Qual sua estratégia de marketing?

Segundo Michael Porter, existem 3 estratégias a seguir:

  • Ser líder em custos baixos e poder oferecer os menores preços.
  • Diferenciar-se ao oferecer um desempenho superior de algum benefício importante para o cliente.
  • Focar em um segmento de mercado e conhece-lo a fundo.

Uma dessas três abordagens já vai servir para direcionar a criação do seu logo. E fica bem claro para qualquer um que mesmo que duas empresas trabalhem com um tipo de produto muito semelhante, se uma delas optar por vender a preços baixos e a outra decidir ter uma qualidade superior, o resultado é que terão logos completamente diferentes.

Um bom exemplo disso é comparar o logotipo da rede de lojas de chocolate Kopenhagen com o logotipo da rede Cacau Show.

2- Qual seu posicionamento?

O posicionamento vai um pouco além. Agora que a estratégia está decidida, é preciso definir claramente sua oferta para o consumidor final.

Vamos analisar dois slogans que podem nos ajudar a entender isso melhor:

A Gol se posiciona como: linhas aéreas inteligentes.

Seu logo transmite então essa praticidade com letras grandes e vistosas, de traços retos e eficientes. A cor, convidativa e energética, remete novamente a agilidade e praticidade.

Já a Volkswagen usa uma frase em alemão: Das Auto, que significa “o carro”. Evidentemente quer se posicionar como uma empresa de tecnologia superior, desenvolvida em um país com fama de ter bons engenheiros.

Por isso, seu logo usa letras na cor prata, que remete a excelência e alto valor, juntamente com um fundo azul, que traz a mente tradição e confiança. As letras usadas são traçadas de forma simples e prática, como um bom projeto de engenharia deve ser. E todo conjunto está protegido dentro de um círculo: símbolo de precisão.

Portanto, fica evidente que a criação de um logo estará muito ligada a definição do posicionamento da empresa.

3- Quem é seu público?

Além de respeitar o que dissemos acima, seu logotipo deve falar com seu público. Veja que a Volkswagen ousou ao usar a língua alemã em sua marca, incorporando uma frase em língua estrangeira ao logo. Mas ela sabia o que estava fazendo, porque conhece seu público e sabe que ele pode entender o recado. Na verdade, essa criatividade traduz muito de seu posicionamento e faz parte dos valores que marca quer compartilhar com o público.

Estes são apenas alguns elementos muito importantes que devem ser levados em consideração na hora de criar um logo, um processo necessita do auxílio de profissionais especializados.

Mas fique tranquilo, hoje existem diversas alternativas economicamente viáveis para se conseguir o apoio de designers qualificados para a criação de um logo personalizado para sua empresa. Uma das opções mais usadas é a criação de logomarcas online por meio de sites de concorrência criativa.

O conceito é o seguinte: permitir que empresas façam pedidos de materiais de design e comunicação para milhares de designers cadastrados no site. As ferramentas do site proporcionam uma interação ágil e online entre quem fez o pedido e os designers que enviaram propostas para serem analisadas. A partir daí, são feitos pedidos de ajustes e enviadas novas opções até que a empresa esteja satisfeita e escolha o material que precisava.

Ao conectar as duas pontas do mercado, os sites de concorrência criativa agilizam diversas partes do processo, além de alocar diversos profissionais em um mesmo projeto, aumentando as alternativas apresentadas, diminuindo os custos para as empresas e aumentando as oportunidades de trabalho para os designers.
Este post foi escrito pelos nossos parceiros da We do Logos, o maior site de concorrência criativa da América Latina. Através do site você pode solucionar qualquer demanda de design ou até mesmo criação do nome para sua empresa. Você escolhe um produto, explica a sua necessidade e define o quanto pagar a partir de um preço mínimo. Em seguida você receberá dezenas de opções, poderá pedir alterações ilimitadas e ao final escolhe o que mais gostou. E o melhor! Caso não fique satisfeito o valor investido é devolvido! Todo processo é online e gerenciado pela We Do Logos.